Quem Somos

A Hidroeléctrica de Mphanda Nkuwa, empresa detida pela Camargo Corrêa, Insitec e Electricidade de Moçambique (EDM), é a entidade criada para...

O Projecto

A Hidroeléctrica de Mphanda Nkuwa é um projecto de forte relevância nacional que irá contribuir para o desenvolvimento social e económico de Moçambique, bem como ajudar no suprimento do défice energético com que a região da SADC (Comunidade de Desenvolvimento da África Austral) se debate...

Ambiente

A HMNK pauta-se pelas melhores práticas internacionais para definir a estratégia de construção e gestão hidroeléctrica. Para assegurar...

Imagens



ver mais imagens

Enquadramento


Estima-se que Moçambique possua 12.500 MW de potencial energético, o que corresponde a uma produção média anual de 60.000 GWh. A maioria do potencial está localizado no Rio Zambeze. De entre as localizações já estudadas destaca-se o potencial hidroeléctrico de Cahora Bassa, Mphanda Nkuwa, Boroma e Lupata.

HMNK

Até à data, o único potencial desenvolvido é a central hidroeléctrica de Cahora Bassa (2.075 MW), a montante de Mphanda Nkuwa.
O abastecimento de energia eléctrica em Moçambique e nos países vizinhos tornou-se crítico nos últimos anos. Moçambique, actualmente com uma capacidade de pico de cerca de 600 MW (sem considerar a demanda de 950 MW da MOZAL), enfrenta um crescimento cada vez maior da procura. As projecções médias mostram que serão necessários 1.554 MW até 2020 (2.338 MW em 2030) para satisfazer as necessidades da população (sem considerar as indústrias de uso intensivo de energia)...  SABER MAIS

Notícias

Versão Draft do Estudo de Impacto Ambiental

A HMNK disponibiliza ao público a versão draft do Relatório de Estudo de Impacto Ambiental, produzido pela COBA, Consultores de Engenharia e Ambiente, IMPACTO, Projectos e Estudos Ambientais e ERM, Environmental Resources Management Southern Africa. O estudo foi a discussão pública em Tete, a 01 de Agosto, e em... ler mais ›
HMNK © 2011 - Politica de Privacidade